O dentista precisa saber fazer o seu marketing pessoal

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Share on linkedin

Uma das máximas da propaganda diz que quem não é visto, não é lembrado. Para muitas pessoas, essa frase se encaixa apenas a empresas, produtos ou serviços.

O que elas desconhecem, no entanto, é que isso vale também para pessoas, e entra no ramo do marketing pessoal. Quando pensamos em um serviço, como o prestado por um dentista, por exemplo, ele é exercido por uma pessoa, correto?

Na hora em que você precisa de um dentista, de quem vai lembrar? Da pessoa que lhe atendeu bem, acabou com sua dor e resolveu o problema, correto?

Pois esse é o marketing pessoal: a arte não só de falar de você mesmo, mas principalmente de aplicar estratégias que permitam aos outros reforçar suas qualidades e lhe recomendar para o maior número de pessoas possível.

Agora, quando você pensa nesse termo, para quem acha que ele é realmente útil? Para um vendedor, que depende de comissões para lucrar muito? Um cantor, alguém que precise se destacar na multidão?

E se lhe contássemos que o marketing pessoal é importante também para um dentista, você acreditaria? Não? Então preste atenção nesse texto. Aqui, vamos mostrar porque esses profissionais precisam ter a habilidade de desenvolver o seu marketing pessoal.

A importância do marketing pessoal para o sucesso do dentista

Um dentista é um profissional que presta serviços para um grande número de pessoas, de diferentes faixas etárias e classes sociais. Embora faça um trabalho muito importante, convenhamos, ninguém gosta de ir ao consultório odontológico. Inclusive, costumamos dizer que o dentista trabalha com uma demanda negativa.

Isso porque, quando pensamos no dentista, vem à mente aquele desconforto, o som do “motorzinho” e o medo que muitos têm de fazer qualquer tipo de tratamento dentário que envolva anestesia.

Aqui entra a importância do marketing pessoal para que um dentista tenha sucesso.

Com tantos profissionais fazendo a mesma coisa, é importante encontrar estratégias que tornem o seu trabalho diferente. Principalmente se você tem um método diferente e que reduz a fobia de muitos pacientes.

O dentista precisa se descolar da clínica

Um segredo importante para quem está pensando em investir em marketing pessoal é saber que o dentista precisa descolar sua imagem do nome da clínica em que atua ou que dirige.

O consultório é apenas seu local de trabalho. Ele não pode ser um sinônimo dessa pessoa. Caso contrário, qualquer outro profissional que atuar ali pode fazer ainda mais sucesso do que você, mesmo não tendo tanta qualificação e preparo.

Um paciente busca o dentista, e não a clínica

Quando um paciente precisa de assistência bucal, a quem ele procura? O dentista ou a clínica? O dentista, claro. Afinal é o profissional quem resolve o problema.

Mas, em alguns casos, o paciente acaba se lembrando apenas da clínica, porque o dentista não investe adequadamente em seu marketing pessoal, tornando-se parte integrante da clínica.

Dicas de marketing pessoal para o dentista

Para um dentista, fazer seu próprio marketing pessoal pode parecer um pouco complicado, mas com algumas dicas essa tarefa se torna muito simples. Um deles é com sua imagem.

É preciso cuidar da imagem que você passa, exibindo um visual bem cuidado e capaz de valorizar seus pontos fortes. E não se esqueça: suas atitudes falam por você. Zele pelo seu comportamento dentro e fora da clínica.

Preencha seus dados abaixo, assim que possível entraremos em contato

Como gostaria de ser contatado?

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

WhatsApp!
Olá! Como eu posso te ajudar?